terça-feira, maio 18, 2021
No menu items!
Início Notícias Escola que foi alvo de vandalismo recebe pintura nova

Escola que foi alvo de vandalismo recebe pintura nova

O trabalho teve como foco apagar as pichações feitas, há duas semanas, por vândalos que invadiram a escola durante a madrugada

A Escola Estadual André Antônio Maggi, localizada na cidade de Feliz Natal (a 536 quilômetros de Cuiabá), realizou um mutirão no último sábado (13.04) para refazer a pintura do prédio. Com a colaboração da comunidade escolar e do grupo de motociclistas denominados “Moto Clube Abutres”, alunos do ensino fundamental e médio participaram da atividade.

O trabalho teve como foco apagar as pichações feitas, há duas semanas, por vândalos que invadiram a escola durante a madrugada.

A comunidade escolar também participou do processo de remodelação do prédio. A tinta foi cedida pela Prefeitura, ficando a cargo de pais, alunos e profissionais da educação a mão de obra. 

Segundo a diretora da escola, Rejane Rigo de Paula, além da doação das tintas, a comunidade também conseguiu doações dos materiais necessários para a pintura e a mão de obra. O grupo de motociclistas participou da ação ajudando na pintura.

“Foi uma ação preventiva e de sensibilização, pois os alunos ajudaram na pintura e, com isso, tiveram a consciência de que a escola é um bem público, ou seja, é deles também. Esse momento de conscientização é importante porque os alunos ajudarão na conservação do prédio de nossa escola”, destaca a diretora.

Para o assessor pedagógico Zeferino Passos Júnior, que atende o município de Feliz Natal, essa participação da comunidade escolar e do grupo de motociclistas é altamente positiva. “Excelente trabalho da comunidade escolar”.

Vandalismo

A Escola André Antônio Maggi foi vítima de vandalismo na madrugada do dia 29 de março. As paredes amanheceram com várias inscrições, principalmente palavrões, assustando alunos e professores. No mesmo dia, cinco suspeitos foram levados para a Delegacia local, que investiga o caso.

“A escola tem 12 anos e nunca ocorreu algo parecido. Fomos pegos de surpresa quando chegamos para trabalhar e encontramos tudo pichado. Então, reforçamos um trabalho de ação preventiva”, explica a diretora.

Antes da pichação, o representante do Ministério Público esteve na escola conversando com estudantes de uma turma sobre uma questão disciplinar na cidade. A Polícia Militar também participa com o Projeto Luz do Amanhã e já agendou uma palestra para os estudantes sobre o comportamento na escola.

A EE André Antônio Maggi atende 892 estudantes, matriculados nos três turnos, nas séries finais do ensino fundamental (a partir do 7º ano) e Ensino Médio.

FONTESEDUC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias Populares

Descubra a importância do Endomarketing em pequenas e médias empresas

Muitas pessoas que ouvem falar em endomarketing, imaginam que se trata de uma estratégia aplicada apenas em grandes empresas, com setores bem...

Live Solidária com Maria Izabel

Maria Izabel começou sua carreira no interior de Mato Grosso, na cidade de Sorriso, onde nasceu. Desde criança, a paixão pela música...

Empresário do ramo artístico é um grande descobridor de talentos do Estado

Conte um pouco da sua história. Trajetória pessoal e profissional. Primeiramente eu gostaria de agradecer ao site “Em...

Potencialidades de Sinop, do Estado e a construção da Ferrogrão são destaques no EL País

O jornal El Pais, um dos mais conceituados da América Latina, publicou neste domingo, a reportagem ‘o sonho do trem da floresta...